quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Prova de amor

Um homem acorda na sua cama com uma ressaca dos diabos. Assim que consegue abrir os olhos, a primeira coisa que vê é um copo de água e uma caixa de aspirina em cima da mesa de cabeceira.
Senta-se na borda da cama, e a roupa que ia vestir estava ali toda preparadinha à sua frente.
Olha à sua volta e está tudo bem arrumadinho e impecavelmente limpo.
Pega no copo de água para tomar as aspirinhas e dá-se conta de um post-it em cima da mesa de cabeceira que diz: «Querido, toma duas aspirinas para a dor de cabeça e depois vai tomar o pequeno almoço que está à tua espera na cozinha. Amo-te muito...»
Completamente perplexo, dirige-se à cozinha onde efectivamente em cima da mesa estava um fantástico pequeno almoço e ao lado o jornal do dia. Quando se senta à mesa a mulher chega à perto dele, serve-lhe café acabado de fazer, dá-lhe um beijo muito carinhoso e sussurra-lhe ao ouvido:
- Logo à noite vou usar aquela langerie que tanto gostas... Adoro-te!
E sai da cozinha sem dizer mais nada.
O seu filho sentado à mesa, também estava a tomar o pequeno almoço. Sem compreender nada, o homem pergunta ao filho:
- Olha lá filho, o que é que aconteceu ontem à noite?
Ao que este responde:
- Ihhhh! Não te lembras? Tu chegaste a casa às três da manhã, perdido de bêbado, com uma moca terrível, fizeste uma barulheira do caraças, vomitaste no hall de entrada, calcaste o rabo do gato, deitaste a baixo vários móveis, empurraste a mãe pelo corredor fora porque pensaste que te estavam a tentar assaltar e ainda por cima mijaste no guarda vestidos e voltaste a vomitar no quarto…
Ao que o homem pergunta preocupado:
- Ai foi? Então como é que se explica que toda esta amabilidade e esta limpeza?
- O que se passou foi que, quando a mãe finalmente te conseguiu levar para cama e ia começar a tirar-te as calças, tu não deixaste e gritaste bem alto:
- Ó menina, faça o favor de estar quieta e me deixar sossegado que eu sou um homem casado!

13 Comments:

Blogger G.R. said...

Prova de amor ou antes um belo truque?!
;>)
Abraço!

9:25 da tarde  
Blogger Outsider said...

g.r.:
hehehe. És um malandro... ;)
Um Abraço.

10:08 da tarde  
Blogger Jorge P.G. said...

Eheheh!.....

Razão tinha a mulher...bêbedo mas
fiel!

Ou...incorrigível mentiroso, ainda que bem bebido?

Um abraço.

1:42 da manhã  
Blogger Kaotica said...

Essa aí é anedota ou foste tu que engendraste? É que se foste vou te convidar para escreveres uns contos lá para o Conto Livre!
Venho cá para ver a resposta e depois mando um convi-te, feito?
Bjos

1:52 da manhã  
Blogger Outsider said...

Jorge:
Pois é a mulher tem razão mais vale bêbedo que traidor... :)

Eu acho que o homem só gosta de beber uns copos e não é mentiroso, até porque o alcool funciona muitas vezes como soro da verdade...

Um Abraço.

12:45 da tarde  
Blogger Outsider said...

kaotica:
Infelizmente é uma anedota que eu já conheço há muito tempo. Eu bem gostava de ter um bocadinho de jeito para escrever, mas não tenho... Gostava de conseguir escrever um conto, mas não consigo... Se um dia conseguir serás a primeira a saber e peço-te para publicares no Conto Livre, combinado?
Beijos.

12:48 da tarde  
Blogger tb said...

pois pois...já conhecia essa, mas é sempre bom dar uam risada.
Bjinhos

3:18 da tarde  
Blogger dml said...

Essa anedota fica muito melhor com a nossa linguagem!(tripeira)!!

:)
Abraço

7:45 da tarde  
Blogger euseinadar said...

O Outsider pode não escrever contos mas em rimas ele é o maior. E de improviso. E são rimas que poderiam rivalizar com o próprio Bocage. Ponham este homem a fazer poesia satírica (ou erotico-satírica!) e temos best-seller!

12:55 da tarde  
Blogger Outsider said...

tb:
Era esse o objectivo.
Beijos.

5:38 da tarde  
Blogger Outsider said...

dml:
Pois é, mas não poderia empregar essa linguagem aqui ou o blog tornar-se-ia para maiores de 18...
Um Abraço.

5:38 da tarde  
Blogger Outsider said...

euseinadar:
o problema dessas rimas é o vernáculo que normalmente emprego. Se o usasse aqui, tinha que pôr bolinha no canto do blog...
Um Abraço.

5:40 da tarde  
Blogger Kaos said...

Um profissional mesmo quando está quase inconsciente. Mereceu o bom tratamento.
abraço

10:29 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home